quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008


História do Palmeiras

A Sociedade Esportiva Palmeiras é um clube poliesportivo brasileiro sediado em São Paulo que tem como modalidade esportiva principal o futebol. As cores do clube, presentes no escudo e bandeira oficial, são o verde e branco; o vermelho, presente desde sua fundação, foi excluído durante a II Guerra Mundial, por pressão das autoridades brasileiras, na mesma reunião que formalizou a mudança de nome de Palestra Itália para Palmeiras. Ao longo de sua história, o clube também obteve grande destaque em outras modalidades como basquete, futebol de salão, voleibol e hóquei sobre patins, mas é no futebol que o clube destaca-se como o maior vencedor em competições nacionais.
A maior virtude palmeirense foi ter conquistado em pelo menos uma ocasião todas as competições que disputou em sua história no âmbito nacional e mundial, por isso recebeu o título de Campeão do Século [1] do futebol brasileiro; primeiramente pela Federação Paulista de Futebol [2] no ano de 1999, seguindo o simples e determinante critério que apontava todos os campeonatos importantes realizados no Brasil; logo em seguida foi a vez do jornal O Estado de São Paulo em seu site, que apresentava um ranking exclusivo com vários registros históricos, e o resultado final acabou determinando o Palmeiras como o "Campeão do Século"[3]; igualmente com os rankings da revista Placar em 1999, o jornal a Folha de São Paulo em 2000 e da IFFHS (Federação de História e Estatística de Futebol Internacional), entidade reconhecida pela FIFA
Em 1965, era inaugurado o Estádio Magalhães Pinto, o “Mineirão”, e para coroar os festejos da inauguração, organizou-se um amistoso entre a Seleção Brasileira e a do Uruguai e, pela primeira vez na história do futebol brasileiro, uma equipe de futebol, a Sociedade Esportiva Palmeiras, foi convidada para compor toda a delegação, do técnico ao massagista, do goleiro ao ponta-esquerda, incluindo os reservas. Uma primazia única em reconhecimento à melhor equipe do País, que vencia a todos os adversários e convencia, encantava de tal maneira que recebeu da imprensa e do povo a alcunha de “Academia de Futebol”. A partida foi no dia 7 de setembro (data da independência brasileira), e o Palmeiras derrotou o Uruguai por 3 a 0.
Seus títulos mais importantes conquistados no futebol foram a Taça Libertadores de 1999 e a Copa Rio de 1951, considerado por alguns como o primeiro Mundial de Clubes de futebol da história, embora não seja assim reconhecido pela FIFA, que em 15 de dezembro de 2007 divulgou comunicado oficial sobre o tema.[4]